2º Workshop das Partes Interessadas do Projecto BioEcosys

Realizou-se no dia 11 de Setembro, o segundo Workshop do projecto BIOECOSYS “Métodos de decisão em gestão de ecossistemas florestais: uma aproximação bioeconómica integrada para a sustentabilidade” na Universidade Católica Portuguesa, no Porto.

Foto WS Ecosel UCP (11).jpeg

Créditos das fotos: Zurita, C. (Set. 2021)

Figure 1. . Equipa de investigadores do Instituto Superior de Agronomia, Universidade de Évora e Universidade Católica Portuguesa envolvidos no 2º workshop das partes interessadas ( 11.09.2021) no Porto

Perante o desafio para o desenvolvimento de abordagens alternativas à gestão florestal que valorizem a ampla diversidade de serviços de ecossistema que a floresta oferece, este 2º workshop foi uma excelente oportunidade para as equipas de investigação do Bioecosys trabalharem com vista de definir modelos de negócio que sustentem o pagamento de serviços de ecossistema (ES) ambientais, económicos e sociais. Especificamente, pretende-se desenvolver mecanismos para atrair pagamentos pelos serviços de ecossistema e rentabilizar a gestão florestal conjunta mediante a diversificação da oferta de serviços de ecossistema.

Após uma sessão plenária que envolveu uma contextualização por parte da equipa de investigação do Instituto Superior de Agronomia (ISA) do estado atual do Projeto Bioecosys em articulação com projetos complementares como o Modfire e o Nobel.                                                

 

 

A equipa da Universidade Católica Portuguesa (UCP) prosseguiu com a apresentação dos objetivos da tarefa 3 do Bioeocosys enquadrados nas atividades do workshop.

20210911_101534.jpg
20210911_102444.jpg
20210911_102037.jpg
20210911_102303.jpg

Photo credits: Zurita, C.(Set. 2021)

Figura 2. Orador Professor José Guilherme Borges - equipa de investigação do ISA

Figura 3. Orador Professor Miguel Sottomayor  - equipa de investigação da UCP

 O workshop envolveu duas atividades principais com participação das partes interessadas:

Na parte da manhã, 1ª Sessão de grupo em três salas de laboratório informático (Task 2 – equipa do ISA e Univ. Évora): seleção de cabazes de serviços de ecossistema em função das relações de compromisso (trade-offs) entre quatro serviços de ecossistema -  biodiversidade, erosão do solo, stock de carbono e resistência da floresta face ao risco de incêndio - com recurso ao simulador de Fronteiras de Pareto.

A cada cabaz corresponde um plano de gestão da ZIF que envolve uma combinação de modelos de gestão florestal a implementar ao longo do horizonte de planeamento (neste caso específico 50 anos).

Fotos WS Ecosel UCP (1).jpeg

Photo credits: Zurita, C.(Set. 2021)

20210911_114336.jpg

Photo credits : Nahorna, O (Set. 2021)

1ª Sessão de Laboratórios : seleção cabaz 1

 Moderadores : Brigite Botequim & Felipe Silva

Fotos WS Ecosel UCP (3).jpeg

Photo credits: Zurita, C.(Set. 2021)

20210911_114813.jpg

Photo credits : Nahorna, O (Set. 2021)

1ª Sessão de Laboratórios : seleção cabaz 2

Moderadores : Susete Marques

Foto WS Ecosel UCP (5).jpeg

Photo credits: Zurita, C.(Set. 2021)

20210911_113858.jpg

1ª Sessão de Laboratórios : seleção cabaz 3

 Moderadores : José G. Borges & Vladimir Bushenkov

Da parte da tarde, a 2ª Sessão conjunta de laboratório informático (Task 3 – equipa da UCP):  As partes interessadas testaram a plataforma “ Ecosel” desenhada com o intuito de se realizarem leilões online de cabazes de serviços de ecossistema da floresta do Vale do Sousa  - cabazes que incluem serviços ambientais sem mercado,  alternativos ao cabaz por “defeito” com serviços diretamente geradores de rendimento (e.g. maximização de produção de madeira).

  • A informação disponível na plataforma relativa aos quatro cabazes de ES em leilão foi utilizada para apoiar as licitações dos participantes “compradores”, nomeadamente: i) valores de cada ES no cabaz alternativo; ii) a distribuição espacial das espécies florestais no plano de gestão associado a cada cabaz alternativo; iii)  o preço de reserva dos produtores para cada cabaz.

  • Cada participante (comprador) dispunha de 50€ (virtuais) para poder licitar o cabaz ou cabazes alternativos da sua preferência. A sessão de teste terminou com a produção de um output gráfico apresentando o valor final do excedente social de cada cabaz resultante do leilão, com o cabaz transacionado devidamente assinalado: o cabaz que envolvia a maximização da resistência aos incêndios apresentou excedente positivo mais elevado – valor superior ao preço de reserva.

2ª Sessão de Laboratório conjunta

Moderadores : Cynthia Zurita, Miguel Sottomayor, Alexandra Leitão & Logan Bingham

20210911_140744.jpg
20210911_140720.jpg

Photo credits : Nahorna, O (Set. 2021)

Na sessão plenária os cabazes de serviços de ecossistema alternativos selecionados na 1ª sessão de laboratório foram dados a conhecer aos participantes fazendo uso:

  • informação gráfica dos respetivos valores para cada serviço de ecossistema (erosão, biodiversidade, stock de carbono, resistência ao fogo);

  • planos de gestão com distribuição das áreas das espécies florestais por cabaz (castanheiro, sobreiro, carvalho robur, ripícolas, pinheiro bravo e eucalipto);

  • comparação dos novos cabazes com o cenário de gestão atual (BAU) nas áreas de ZIF do Vale de Sousa

O Workshop culminou com um questionário e discussão das partes interessadas relativo à utilização da plataforma “Ecosel“  durante o leilão-teste

Foto WS Ecosel UCP (8)_edited.jpg
Foto WS Ecosel UCP (10)_edited.jpg

Photo credits: Zurita, C.(Set. 2021)

Anúncio. 2º Workshop de partes interessadas do Projeto BIOECOSYS

  No dia 11 de setembro de 2021 , o Campus Porto da Universidade Católica Portuguesa (UCP) vai acolher o o workshop de stakeholders do Bioecosys.

O programa terá início com breves apresentações sobre o estágio atual do projeto, realizadas pelas equipas de investigação do ISA (Instituto Superior de Agronomia) e da própria UCP. Também incluirá alguns exercícios de grupo na seleção dos cabazes de Serviços de Ecossistema e dos leilões simulados.

Convite Bioecosys_Site_edited.jpg

Este evento será uma grande oportunidade para ter uma avaliação em primeira mão sobre as perceções dos stakeholders em relação aos Serviços de Ecossistema Florestais que o Bioecosys pretende assegurar para a área do Vale do Sousa!

Inquérito Bioecosys abarca serviços de ecossistema relevantes e valorizados pela população residente na zona de inserção da floresta do Vale do Sousa

No âmbito da Tarefa 3. “ Valoração e pagamento dos serviços de ecossistemas ”, coordenada pelo Professor Miguel Sottomayor da Universidade Católica do Porto (UCP),  foi lançado um inquérito que tem como objetivo o desenvolvimento de abordagens participativas para pacotes de serviços de ecossistemas a oferecer e os planos de gestão das duas zonas de intervenção florestal (ZIFs) de Castelo de Paiva e de Entre Douro e Sousa, envolvendo à posteriori o desenvolvimento de um mecanismo de leilão de aquisições de serviços de ecossistema e de uma plataforma web para reunir os respetivos pagamentos.

A participação dos residentes, proprietários e interessados pela floresta do Vale de Sousa é imprescindível para o sucesso desta investigação e a informação fornecida vai contribuir para uma melhor compreensão dos processos de tomada de decisão de gestão florestal e de políticas públicas florestais.

Bioecosys_Vale sousa FB.jpg

O inquérito desenvolvido pela UCP pode ser acedido no seguinte link: 

http://ucpcrp.qualtrics.com/jfe/form/SV_4MYqk0erD2Uoo7Q  

Uma vez que a eficácia do estudo depende principalmente de uma compreensão correta das percepções e das partes interessadas nas florestas do Vale do Sousa, como suas respostas a este exame será da maior importância para os resultados do Projeto.  

Approximation of Pareto frontier in complicated non-linear multi-objective problems,

 

pelo Alexander Lotov

Seminário apresentado pelo Prof. Alexander Lotov no Instituto Superior de Agronomia, no dia 24 de Outubro; integrado no ciclo de seminários "CEF/CEABN: Ecologia, Florestas e Conservação".

O mesmo seminário foi apresentado na Universidade de Évora a 15 de Outubro de 2019.

O Prof. Alexander Lotov trabalha no  Dorodnicyn Computing Center, Federal Research Center “Computer Science and Control” of Russian Academy of Sciences, Rússia.

O Prof. Alexander Lotov é consultor do Projecto Bioecosys. 

lotov seminario.jpg

Abstract:

The seminar is devoted to decision support in the case of complicated multi-objective (multi-criteria) decision problems. Approximating the Pareto frontier and subsequent informing the decision makers about it is now a recognized method of decision support especially in environmental and other public problems in the framework of which multiple decision makers have to be informed about the objective tradeoffs. The method used in our studies (the Interactive Decision Maps (IDM) technique) applies visualization of the tradeoff among the objectives in form of decision maps, i.e. collections of bi-objective slices of the Pareto frontier. The IDM technique is based on approximating the Edgeworth-Pareto hull of the feasible objective set. Then, bi-objective slices of the Pareto frontier can be displayed on request of a user. The IDM technique can be applied in the case of more than four objectives (in the so called many-objective decision problems). A complicated multi-objective problem is considered as an example. It is the problem of constructing control rules for a cascade of reservoirs with criteria reflecting the reliability with which the requirements imposed on the cascade are met. The problem is described by 24 objectives, by several hundreds of decision variables and by non-linear relations between them and objectives. New efficient methods were developed for approximating the Edgeworth–Pareto hull. They combine classical gradient-based methods for scalar optimization and genetic algorithms for Pareto frontier approximation. It was experimentally shown that these methods are significantly superior to the original genetic algorithm in terms of order of convergence and approximation accuracy.

 

Este seminário teve o apoio do projecto BIOECOSYS (PTDC/ASP-SIL/30391/2017).

Seminário em "Advanced forest management planning techniques and decision support systems" 
pelo Dr. Jordi Garcia-Gonzalo

Seminário apresentado no Centro de Estudos Florestais, quinta feira  dia 31 de Outubro. 

O Dr. Jordi Garcia-Gonzalo é investigador Principal no Centro de Estudos Florestais no Forest Science and Technology Centre of Catalonia (CTFC).

Este seminário foi organizado pelo Projecto BioEcosys com o apoio do Mestrado Internacional MEDfOR (www.medfor.eu/) .

Oficina 1.

Apresentação do Projeto BioEcosys

14 de março de 2019.

Universidade Católica Portuguesa

Campus Foz - Rua Diogo de Botelho, 1327, 4169-005 Porto

A WShop 1 com grupos de foco estabelecerá uma plataforma de discussão para chegar a um quadro de referência comum a ser aplicado durante todo o período do projeto por todas as disciplinas / especialistas envolvidos no projeto.

1º Workshop das Partes Interessadas do Projecto BioEcosys

No passsado dia 14 de Março, realizou-se o Primeiro Workshop do projecto BIOECOSYS “Métodos de decisão em gestão de ecossistemas florestais: uma aproximação bioeconómica integrada para a sustentabilidade”, na Universidade Católica Portuguesa no Porto.

O workshop envolveu duas atividades principais: a) apresentação do projeto e das ferramentas de planeamento da gestão florestal b) laboratório informático, em que as partes interessadas utilizaram estas ferramentas para selecionar cabazes de serviços de ecossistema em cenários climáticos distintos.

20190314_101354.jpg
press to zoom
20190314_101340.jpg
press to zoom
20190314_114324.jpg
press to zoom
20190314_140136.jpg
press to zoom
20190314_160132.jpg
press to zoom
20190314_160113.jpg
press to zoom

Anúncio: 1º Workshop das Partes Interessadas do Projecto BioEcosys

Apresentação do Projecto BIOECOSYS

14t de Março de 2019.

Universidade Católica Portuguesa

Campus Foz - Rua Diogo de Botelho, 1327, 4169-005 Porto

O 1º Workshop com "grupos focais" irá estabelecer uma plataforma de discussão para se chegar a uma plataforma de referência a ser utilizada durante todo o projecto, pelas diferentes actores envolvidos.

DSC_0216.JPG
LOGO BIoecosys preto.jpg.png
Métodos de decisão em gestão de ecossistemas florestais:
uma aproximação bioeconómica para a sustentabilidade